A tainha e suas propriedades


Estamos na época da tainha no sul do Brasil, peixe de excelente qualidade e valor nutricional. Somos muito privilegiados, pois aqui na Ilha podemos acompanhar sua pesca artesanal, arrastão da rede e comprar direto dos pescadores na beira da praia.

A tainha brasileira é pescada no mar e não na água doce, como ocorre em outras partes do mundo. A pesca da tainha também obedece a um rigoroso controle realizado pelo IBAMA. Só é permitido a captura do peixe entre os meses de maio a julho, quando as tainhas migram das águas frias do sul da Lagoa dos Patos em direção ao norte do Brasil, procurando águas quentes para desova. Assim, quando o peixe é capturado em Santa Catarina, ele já teve tempo de perder bastante gordura, o que reflete positivamente no sabor suave do pescado e das suas ovas.

A tainha é um peixe rico em gorduras saudáveis, ômega-3, cálcio, fósforo, vitamina D. 

Importante ressaltar que a tainha, peixe branco, apresenta uma parte marrom em sua composição e esta é extremamente rica em proteínas, aminoácidos e minerais, como o ferro por exemplo, mais que a parte branca, portanto, seu consumo não deve ser desprezado. Para quem quer usufruir de uma vida mais saudável o ideal é consumir peixes três vezes por semana ou mais, principalmente os peixes de época frescos e não congelados. Se forem congelados não devem ultrapassar o período de três meses no freezer; após esse prazo ocorre uma perda considerável de nutrientes.

O descongelamento também deve ser de forma gradual, preferencialmente com antecipação de 12 horas e na geladeira. 

O filé de tainha assada ou grelhada é uma ótima opção, pois assim parte da gordura é derretida e o sabor fica mais suave.

Uma dica para esportistas e atletas é que, por ser um peixe rico em gorduras,  a tainha deve ser consumida nas refeições principais cerca de 4 horas antes de qualquer treino, pois o tempo de esvaziamento gástrico é extensivo, caso contrário, dependendo do tipo de atividade física, endurance ou treinos de força e potência, o indivíduo poderá ter desconfortos digestivos e reduzir o seu desempenho nos treinos ou competições.

 

Segue uma receita fácil para saborear uma Tainha assada:

 

Tainha Assada

1 tainha de 1,5 kg a 2 kg limpa

Sal a gosto,

orégano a gosto

suco de 2 limões grandes

4 dentes de alho amassados e picados

1/2 maço de coentro

Modo de Preparo

Em uma tigela colocar o sal, o orégano, o limão e o alho.

Misturar bem e regar sobre o peixe (fazer talhos no peixe para pegar melhor o tempero)

Colocar o coentro sobre o peixe e dentro dele.

Deixe marinar por cerca de 3 horas (na geladeira)

Retirar o coentro do peixe após as 3 horas.

Untar uma forma com óleo

Colocar o peixe e levar para assar em forno médio por cerca de 1 hora e meia a 2 horas ou até dourar

Alguns minutos antes de retirar do forno, cubra o peixe com rodelas de tomate e pimentão.

Seja o primeiro a avaliar!


Adicionar aos favoritos

23 mai 2018


Por Jaqueline Zwarnieski
Anuncie