CONHEÇA A PRAIA DO SAQUINHO


A trilha é considerada leve e é toda calçada por concreto, o que torna a caminhada muito mais fácil e sem tropeços.

Conheça mais um belo recanto de Florianópolis. Dessa vez o Jornal Miguelito foi até o sul da Ilha para mostrar um lugar quase intocado pelo homem e que ainda guarda a sensação de paz e respeito à natureza.

Entre as praias da Solidão e Naufragados, está a Praia do Saquinho, com 5 quilômetros de extensão e enormes costões que fazem parte de um dos visuais mais belos da Ilha. A paisagem é um mirante sem fim para as praias da Solidão, Açores, Pântano do Sul e para o Oceano com suas ilhotas. Até a Praia do Saquinho são 30 minutos de caminhada por uma trilha toda calçada por concreto, o que torna a caminhada muito mais fácil e sem tropeços. A praia é bem pequena, possui menos de 350 metros de extensão e a maior parte da areia é coberta por grandes rochas. Lá a sensação é de que a praia é toda sua.

Segundo entrevista com Eduardo Marafigo, morador do local, a trilha foi construída em 1998 pelos moradores, na época em torno de 170 pessoas, que se reuniam em forma de mutirão sempre aos sábados. Levou 5 meses para ficar pronta. A primeira casa da praia do Saquinho data de 1940. Em 1971 foi erguida uma cruz e realizada a primeira missa. Essa cruz já foi reformada quatro vezes e continua como demonstração de fé dos ocupantes da Praia do Saquinho.

A família Marafigo é proprietária do único estabelecimento comercial da praia, o Bar e Restaurante do Quirino. Quirino mora há 52 anos ali, casou e teve dois filhos, Eduardo e Ricardo. Eduardo tem 25 anos e mora no local desde que nasceu. Ajuda o pai a cuidar do negócio e nem pensa em morar fora. Adora a vida sossegada do lugar. Apesar da distância e dificuldade do acesso, Eduardo todos os dias faz o percurso de ida e volta da praia. Mantimentos para o dia a dia são transportados pela trilha, o lixo também é levado pelo mesmo caminho até a praia da Solidão. Eduardo queixa-se que o “turista não tem a consciência de levar seu lixo embora”.  No final desta temporada a família precisou recolher vários sacos de lixo.

Hoje o local é considerado como área de preservação e nem uma construção mais pode ser erguida.

Um recanto, ainda paradisíaco, assim é a Praia do Saquinho, cuidada com muito carinho pela família Marafigo.

Para quem quiser conhecer o Bar e Restaurante do Quirino, fica aberto somente aos finais de semana.

 

 

Seja o primeiro a avaliar!


Adicionar aos favoritos

23 mai 2018


Por Redação
Anuncie