LEITES VEGETAIS E SEUS BENEFICIOS


LEITE DE AMÊNDOAS:

1 xícara de amêndoas

3 xícaras de água filtrada

Deixar de molho por 24 horas e bater no liquidificador por uns minutinhos, até ficar um leite branco. Depois coar em uma peneira bem fininha ou saco de pano. Guardar os resíduos, pois podem ser utilizados em outras preparações.

O leite de amêndoas é indicado principalmente para quem está controlando o peso ou tem problemas de gastrite, é rico em proteínas, zinco, cálcio, magnésio, potássio. Indicado para reduzir o colesterol, pois tem o poder de aumentar o HDL (bom colesterol) e reduzir o LDL (mau colesterol).

LEITE DE AMENDOIM:

1 xícara de amendoim cru ou tostado com casca

3 xícaras de água filtrada ou fervida

Deixar de molho por 12 horas e depois bater no liquidificador e coar em seguida.

O leite de amendoim é ótima fonte de proteínas, fibras, ácidos graxos monoinsaturados. Também é rico em magnésio, folatos, vitamina E, vitaminas do complexo B e cobre. Ainda merece destaque o aminoácido arginina, um potente vasodilatador que melhora a circulação e aumenta os níveis de serotonina, melhorando o humor e a alegria. Importante fazer com a casca, pois é rica em antocianinas, fitoquímico excelente para a saúde do nosso organismo.

 

LEITE DE COCO

1 coco médio partido e com casca

3 ou 4 xícaras de água filtrada ou fervida

Quebrar o coco e retirar a água, colocar no forno pré-aquecido por cerca de 15 minutos para ficar mais fácil de retirar da casca. A seguir, bater no liquidificador por uns minutinhos e coar em um saco de pano ou peneira fina.

O leite de coco tem propriedades antifúngicas, antivirais e antibacterianas. Rico em ácido láurico que protege todo o sistema digestivo de bactérias nocivas e melhora a imunidade. Além disso, é rico em vitaminas A, E, potássio e cálcio.

Algumas dicas sobre os leites vegetais:

*Duram de 3 a 7 dias, se armazenados em geladeira.

*Podem ser congelados.

*Alguns tipos podem ser adicionados mais água, dependendo do paladar individual.

Todos os leites vegetais são ótimas opções para bater com frutas e serem adicionados em receitas.

Os resíduos que sobram são fibras puras e podem ser utilizados em receitas caseiras de bolos, pães ou até mesmo farinhas e farofas. Para fazer as farinhas é só levar ao forno os resíduos da sobra do leite e deixar secar ou tostar, conforme o gosto, depois armazenar em geladeira num recipiente fechado e usar aos poucos para enriquecer outras preparações.

Os leites vegetais são alternativas muito saudáveis na alimentação diária e podem ser uma excelente pedida para quem pratica esportes ou não consome lactose.

Jaqueline Zwarnieski Nutrição do Esporte CRN 5901 contato 98449-4037  Facebook Jaqueline Zwarnieski

Seja o primeiro a avaliar!


Adicionar aos favoritos

25 jul 2018


Por Jaqueline Zwarnieski
Anuncie