RÉDEAS UMA MODALIDADE QUE CRESCE E ACONTECE


Rédeas ou popularmente conhecida como adestramento western surgiu primeiramente nos Estados Unidos durante o período de sua colonização. Tendo o cavalo como um instrumento de lida, o homem do campo americano, mais conhecido hoje como “cowboy”, passou a adestrar estes animais para suas tarefas diárias. Durante este período,  o cavalo passou a ter importância não somente como meio de transporte rápido e seguro, mas também como peça fundamental  para a lavoura e para o trabalho com o gado.  A partir daí, surgiu a necessidade de treinar estes animais de maneira a torná-los ágeis e confiáveis  na execussão de manobras como laçar, apartar, parar bruscamente, esbarrar, girar, recuar, etc.

Com o passar dos anos, o adestramento western  tornou-se mais  aperfeiçoado devido aos conhecimentos técnicos, tanto  teóricos como práticos, deixando  de ser apenas uma forma de  treinamento, passando a ser  reconhecido como uma modalidade à parte nos esportes equestres.

Entre todas as modalidades equestres, Rédeas é considerada a base para todas as outras modalidades, destacando-se não só pela técnica aprimorada, mas pela importância em desenvolver no animal a disciplina, prontidão, sutileza e harmonia em todos os movimentos.

Esta modalidade de hipismo western despertou a atenção de criadores, proprietários e treinadores de cavalos que fundaram diversas associações com o objetivo de regulamentar o esporte e aumentar o número de adeptos e praticantes.  Considerada a modalidade equestre que mais atrai público em seus eventos, Rédeas tornou-se também  uma indústria,  pois emprega  milhares de pessoas em todo o mundo  direta e indiretamente.  Em muitos países a realização de provas distribui milhares de dólares em prêmios, o que contribui não só para o aprimoramento das técnicas empregadas, mas para o aperfeiçoamento e a expansão de outras raças de cavalos como Quarto de Milha, Crioulo, Appaloosa, Paint Horse, entre outras.

A consagração de Rédeas como uma modalidade esportiva aconteceu após o reconhecimento pela FEI (Federação Equestre Internacional), que passou a integrar Rédeas nas maiores e mais importantes competições mundiais. No Brasil, as primeiras provas de Rédeas foram realizadas na década de 1980 pelos criadores de cavalo Quarto de Milha. De lá para cá, o esporte vem crescendo e conquistando novos adeptos a cada dia. São mais de 20 anos de história formando competidores, treinadores e criadores de raças de cavalos através de suas associações regionais ou estaduais, promovendo competições de alto nível e colocando o Brasil como um dos países mais respeitados no meio de Rédeas. Em Florianópolis, o Centro de Treinamento e Reeducação de Cavalos (CTRC) LARA HOPE, localizado no sul da Ilha,  treina e ensina cavalos, além de formar alunos e competidores que mostram suas aptidões de forma direcionada e especializada na modalidade de Rédeas.

 

 

Viviane Campesato

Bióloga, Mestre em Genética e Biologia Molecular,

Doutora em Ciências pela Universidade Federal do

Rio Grande do Sul e sócia proprietária do CTRC Lara Hope

Esporte