TERAPIA HOLISTICA PARA CRIANÇAS


Uma criança é um ser humano que está em fase de formação, vai sendo moldada aos poucos, conforme a criação da família, o ambiente onde vive e convive com outras pessoas, aquilo que aprende na escola, os esportes e atividades que vão desenvolvendo ao longo de seu crescimento.

E, à medida que o corpo vai se desenvolvendo, vai formando uma consciência. Até os três anos de idade está vivendo muito ainda do plano sutil que a alma vem antes de ter um corpo físico. Ela vai ter que adaptar-se ao mundo físico aqui na terra e precisa de ajuda não só dos familiares e amigos da família, mas também dos educadores e membros da sociedade.

Passa por diversas fases interessantes, o mundo da imaginação guiado cria um paralelo entre a realidade e a fantasia, tornando muitas vezes difícil para os adultos compreenderem o que seus filhos estão tentando expressar. As emoções infantis são intensas quando manifestas, porque estão experimentando todos os recursos disponíveis na biologia humana. Nesta fase não se deve reprimir ou ignorar esta criança e, sim, estimulá-la, compreendê-la, deixando leve a manifestação de suas emoções e apoiando sua criatividade singular.

 O adulto vive o mundo dos adultos, ao se deparar com os conceitos e modo de ver do universo infantil, normalmente tende a julgar e tentar corrigir, baseado nas regras e condições dos adultos. Mas as crianças operam em uma frequência muito diferente, mais simples, mais espontânea e verdadeira, mais lúdica e criativa. Se os adultos permitem a expressão delas, serão sempre saudáveis, estudiosas, agradáveis e com melhor desenvolvimento nas fases seguintes.

Algo muito discutido atualmente são as crianças índigos, cristais, diamantes, arco-íris. Dotadas de sensibilidade extra, uma visão de mundo diferente, atuando de maneiras bem peculiares são uma semente para a nova humanidade. Existem muitos artigos, filosofias e estudiosos dessa nova condição de nascimento.

Mas, o que a terapia holística pode fazer para uma criança?

Utilizando de recursos como a terapia floral, a cristalterapia,  cromoterapia, fitoterapia, pintura em mandala,  aromoterapia, cura quântica estelar, homeopatia, auriculoterapia com cristais radiônicos, acupuntura a laser, o reiki, o realinhamento de chakras, o xamanismo, entre outras técnicas consagradas da terapia holística, o terapeuta escuta as questões que estão causando desequilíbrio contadas pelos pais, e vai interagindo com a criança, buscando a visão dela sobre a condição citada. É muito importante a escuta da criança e a opinião dela sobre a situação para que tome consciência sobre seu próprio processo. Então, enquanto o terapeuta brinca, conversa, vai realizando as técnicas de desbloqueio específicas, os pequenos com sua curiosidade inerente, vão interagindo, gostando e permitindo.

O resultado é encantador, rápido, sensato e profundo. Para eles, vira um evento vir ao consultório. Se sentem amados e olhados pelos pais, escutados e importantes para os terapeutas; aprendem sobre a vida, sobre seus nuances emocionais, interagem com energias sutis e da natureza e aprendem a cuidar de si mesmos e de seus incômodos.

Ao longo dos últimos dez anos aprendi muito atendendo crianças e o que me faz compreender a importância de lidarmos com alguns aspectos de personalidade e as manifestações delas com respeito e entendimento. Somos únicos em nossa expressão, não existe ninguém no mundo igual a nós, e com os pequenos não seria diferente. Respeitar as ideias, singularidade, expressão emocional, gostos e lapidar e educar os excessos é parte da formação integral de um adulto feliz. Com certeza, vale a pena investir desde cedo para um futuro melhor.

 

Holístico