Tudo que você precisa saber sobre preenchimento labial


Com certeza você já deve ter ouvido falar de alguma celebridade que se submeteu ao preenchimento labial.

 

Considerada uma técnica de harmonização facial, o preenchimento pode corrigir malformações, aumentar o volume ou definir melhor seu contorno.

 

Tem vontade de fazer ou quer saber mais sobre o assunto? No artigo de hoje, vamos falar sobre esse procedimento tão polêmico, garantindo que tenha resultados positivos caso opte pela técnica.

 

Pronta para saber mais sobre o assunto? Continue sua leitura até o final!

Entenda mais sobre preenchimento labial

O prenchimento labial é um procedimento que não tem apenas a finalidade de aumentar e preencher o volume dos lábios.

Ele também pode aumentar sua projeção ou melhorar seu contorno de maneira significativa, deixando a face ainda mais atraente.

 

Para quem o preenchimento labial é recomendado?

A técnica de preenchimento labial pode ser feita por quem possui alguma deformidade nos lábios ou simplesmente deseja alavancar a aparência e deixar a região ainda mais bonita.

Assim, ele é indicado para pacientes maiores de 18 anos que estejam em condições adequadas de saúde, sem nenhum tipo de contraindicação, incluindo:

· Quem possui pouco volume nos lábios e não está satisfeito com sua aparência labial;

· Aqueles que têm complicações de saúde que levaram a perda do volume ou projeção labial;

· Pessoas que sofrem com sinais do envelhecimento na região.

 

Quais são suas contraindicações?

Algumas condições específicas devem evitar o procedimento, possuindo contraindicações, como:

· Alergia a alguns dos componentes, como o ácido hialurônico do preenchimento temporário;

· Pessoas com feridas, infecções ou herpes na região labial;

· Pacientes com câncer;

· Grávidas;

· Qualquer pessoa que esteja com infecção;

· Quadros de pneumonia;

· Portadores de doenças autoimunes.

Não esqueça de seguir sempre as indicações do profissional responsável por seu procedimento, que deve ser um cirurgião plástico especialista, um médico dermatologista ou cirurgião dentista qualificado.

Atenção: o preenchimento não deve ser realizado durante o período gestacional, pois não há pesquisas científicas que indiquem segurança para o feto.

 

Como funciona o procedimento?

Considerada uma técnica minimamente invasiva, pode ser feita em consultório médico e não há a necessidade de internação ou realização em um centro cirúrgico.

A técnica pode variar bastante conforme os resultados finais que se deseja obter, por isso, existem três tipos de preenchimento para os lábios:

 

· Preenchimento labial temporário

Dentre todos os tipos de preenchimento, o temporário é o mais recomendado por especialistas.

O preenchimento temporário é o mais indicado porque é feito com ácido hialurônico, uma molécula biocompatível e natural do nosso organismo.

Algumas técnicas de preenchimento temporário também envolvem enxerto de gordura. Tal gordura pode ser obtida através de uma lipo e de retiradas do próprio corpo da paciente – gordura autógena.

Dentre os dois estilos, a prática com ácido hialurônico ainda é melhor. Isso ocorre devido ao fato de que o corpo pode absorver uma parte do enxerto de gordura e deixar os lábios com o tamanho muito excessivo.

No caso da aplicação de ácido hialurônico, a técnica é feita sob anestesia local e injeção da substância na região. Já no enxerto de gordura, primeiro é feita a retirada de gordura da própria pessoa, sua preparação e então injeção sob anestesia local.

O preenchimento com ácido costuma durar entre meio ano até um ano, dependendo do próprio organismo e da qualidade do produto utilizado.

 

· Preenchimento labial permanente

Embora não seja a opção mais recomendada, a técnica com preenchimento permanente utiliza substâncias completamente sintéticas para definir a região ou aumentar o seu volume.

As substâncias mais comuns são o PMMA e o silicone.

O grande problema é que tais materiais podem causar sérias complicações, reações inflamatórias e infecções, prejudicando seriamente a saúde do paciente.

Além disso, os implantes permanentes podem não ser esteticamente desejados por toda a vida e poderão não combinar com a estética e desejos da paciente para sempre.

Afinal, lembra como a moda das sobrancelhas mudou com o passar do tempo?

O mesmo pode acontecer para o preenchimento labial permanente, que pode trazer arrependimentos a longo prazo – devido às mudanças nos padrões e anseios de beleza.

E o preenchimento semipermanente? Como ele não é tão indicado para a região dos lábios, não falaremos sobre ele por aqui, focando nos que são mais abordados e polêmicos: o temporário e o permanente.

 

Quais são as condutas após o procedimento?

Depois de realizar o procedimento, a paciente deve cuidar de alguns fatores, como:

· Evitar contato com a área tratada;

· Não usar maquiagem e outros tipos de produtos faciais no dia da aplicação;

· Não tomar sol;

· Fazer compressa de gelo nos lábios para aliviar a dor e inchaço que podem surgir;

· Evitar ao máximo cremes e pomadas;

· Não se submeter a outros tratamentos por até um mês (como limpeza de pele, peeling e microagulhamento);

· Repousar principalmente nos primeiros dias.

Após realizar qualquer tipo de preenchimento, é normal que o organismo fique mais inchado e até que surjam algumas complicações relacionadas.

No caso do preenchimento labial, elas tendem a passar em até dois dias, devolvendo uma vida completamente normal à paciente – mas seguindo as condutas, lógico!

 

E se eu me arrepender, tem volta?

Se você não quiser mais lábios preenchidos, há a possibilidade de acabar com o preenchimento apenas em alguns casos.

Os temporários podem se beneficiar com o uso de enzima para reverter o quadro – o problema é que isso acaba danificando o ácido hialurônico do nosso próprio corpo.

Já o permanente necessita de remoção cirúrgica para retirada, o que acaba gerando sequelas no paciente – e não é nada agradável.

 

Considerações finais

         O preenchimento labial é um dos procedimentos de harmonização facial que promete deixar a região dos lábios mais bela, atraente, volumosa, com mais contorno e até resolver algumas malformações.

 

         Para que não ocorram arrependimentos e para que o procedimento seja o mais seguro possível, é recomendado optar pelo preenchimento temporário com ácido hialurônico.

 

         Mas lembre sempre de consultar seu médico especialista, ele com certeza irá indicar a melhor opção para o seu caso e para a sua saúde.

 

Estética