Vale a pena sair de casa para ir ao supermercado e correr o risco de ser atropelado?


Vale a pena sair de casa para ir ao supermercado e correr o risco de ser atropelado? A região do Morro das Pedras é caótica. Moradores fazem essa pergunta todos os dias, depois que tivemos atropelamentos nas ruas Fidelis Govoni e José Elias Lopes. Deixamos de usar bicicletas e de andar a pé. Cita André Luiz, presidente da ACMP.

O transporte público tem rotas onde não mora a maioria dos residentes. Os ônibus precisam circular por entre as ruas da localidade e com mais horários.

As rodovias SC-405 e SC-406, junto com a rua Manoel Pedro Vieira e rua Jardim dos Eucaliptos, são grandes artérias viárias, mas faltam as vias de conexão entre elas, afunilando no Trevo do Erasmo e na Avenida Pequeno Príncipe. Além disso, faltam ciclovias e calçadas. A rua Jardim dos Eucaliptos é quase uma prova de rally e falta ciclovias no entorno da Praça das Areias.

As servidões foram projetadas somente para o trânsito dos moradores e pedestres, mas hoje estão sendo usadas para conectar o trânsito entre Morro das Pedras e Campeche.

Apresentamos proposta de humanização do trânsito e de mobilidade à Secretaria de Segurança da Prefeitura Municipal de Florianópolis, com cópia ao Prefeito Gean Loureiro, que encaminhou a SMDU/DIOPE, de binário das vias públicas Fidélis Govoni e José Elias Lopes, cada uma com mão única, diminuição da largura das vias e da velocidade para 30 km/h, aumento da área de calçada com plantio de árvores nativas (frutíferas e floríferas). Agora, aguardamos a efetivação das melhorias. O Rotary Sul da Ilha também oficializou ao Prefeito solicitando abertura de rua de conexão na SC-405 até próximo ao Comercial Castanheiras.

Seja o primeiro a avaliar!


Adicionar aos favoritos

20 fev 2019


Anuncie