Vinicius Lummertz é o novo ministro do turismo


O catarinense Vinicius Lummertz, que até segunda-feira, dia 09 de abril, ocupava o cargo de presidente da Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo), tomou posse ontem (10), como novo ministro do Turismo. Ele substitui Marx Beltrão, que ocupou a pasta desde 05 de outubro de 2016. 

A gestão de Lummertz à frente do Instituto, iniciada em junho de 2015, foi marcada pela busca de posicionamento e da presença do turismo brasileiro em nível internacional, unindo, para isso, forças entre o setor público e privado. Ele defendeu publicamente a aprovação do PL 2724/2015, que transforma a Embratur em serviço social autônomo, nos moldes da APEX-Brasil e Sebrae. Isso vai permitir ainda a ampliação da participação de capital estrangeiro nas companhias aéreas e também moderniza a Lei Geral de Turismo. O Plenário da Câmara dos Deputados aprovou, no dia 20 de março, o pedido de regime de urgência do projeto.

Na gestão de Lummertz, a Embratur investiu fortemente na atração de turistas estrangeiros ao verão brasileiro e na divulgação da Olimpíada e Paralimpíada, bem como, articulou com órgãos do governo para dispensar turistas estrangeiros do visto no ano olímpico. Implementou o Comitê Descubra Brasil no Canadá, além de ter potencializado ações na plataforma digital para alcançar mais viajantes internacionais. Junto ao Ministério do Turismo, levou ao Ministério das Relações Exteriores proposta para estender a isenção de vistos aos estrangeiros que visitaram o Brasil durante os Jogos Olímpicos em 2016. Além disso, participou de reuniões que decidiram propor o visto eletrônico (e-visa) para turistas da Austrália, Canadá, Estados Unidos e Japão. A medida entrou em vigor no final do ano passado.

À frente do Instituto, Lummertz reforçou sua convicção de que o Brasil precisa atrair investimentos turísticos para dinamizar a economia. Foram mais de 15 países visitados, onde Vinicius Lummertz participou de reuniões com representantes dos governos, além de encontros com lideranças de entidades do trade turístico internacional para divulgação das ações de promoção da Embratur e trocas de experiências com empresas que propiciam, por exemplo, uma maior capacidade de interação entre setor público e privado.

A aproximação com o trade nacional foi mais um ponto forte na passagem de Vinicius Lummertz pela Embratur. Ele buscou se articular com os diversos atores turísticos e compreender as demandas do setor, especialmente quanto aos impedimentos burocráticos existentes. “A minha expectativa é que os esforços realizados até aqui possam levar aos futuros dirigentes do País a importância e o papel do turismo para o desenvolvimento nacional, a necessidade de abertura para participação do setor privado“.  

Seja o primeiro a avaliar!


Adicionar aos favoritos

12 abr 2018


Por Portal da Ilha
Anuncie