Parque Municipal Arqueoastronômico da Galheta


Sobre

Como chegar? Bairro Lagoa da Conceição. Próximo às praias: Praia Mole, Barra da Lagoa, Praia Moçambique e Praia da Joaquina. O parque possui uma área total de 149.3 hectares, abrangendo a Barra da Lagoa, toda praia da Galheta e o morro que circunda até a Praia Mole. Politicos, naturistas e ecologistas, persistem no trabalho de preservação num dos maiores atrativos turísticos de Floripa. Com a União criaram o Parque Municipal da Galheta, pela Lei nº 3.455/90, sancionada pelo Decreto 698/94. O Morro da Galheta apresenta quatro tipos de ecossistemas; encontros de solos rasos, onde a cobertura vegetal original é a formação do tipo “floresta ombrófila densa”, solos arenosos em baixas atitudes, cuja cobertura vegetal é constituída por “vegetação de restinga”. Praia arenosa de mar aberto, com vegetação de praia e dunas fixas; e os costões rochosos, se estendem desde a desembocadura do Canal da Barra da Lagoa no mar até a Ponta do Caçador (norte da Praia da Galheta). Uma peculiaridade é o sitio arqueológico no local, por estar relacionado principalmente com os equinócios, embora haja alguns alinhamentos solsticiais. Existem 3 pedras com tamanho em torno de 3 metros nomeadas como A, B e C. A pedra A repousa sobre a pedra B. Já a C encontra-se cerca de 3 metros à leste das primeiras. O Observador deve se situar a oeste destas pedras, próximo a uma parede rochosa, de modo que a conjunção das três pedras formarem uma minúscula janela onde a linha do horizonte atravessa o seu interior. Se o observador deslocar-se a sua direita, a janela fecha-se, e se o observador deslocar-se a sua esquerda, a janela se desfaz. Exatamente na direção da janela o Sol nasce por ocasião dos equinócios (20-21 de março ou 21-22 de setembro).

Contato

Retiro, Florianópolis, Santa Catarina, Sul
Brasil

Traçar rota

.

Seja o primeiro a avaliar!



Siga & Favorite

Adicionar aos favoritos
Anuncie